Pesquisa de Leilões

FONE

Segunda a Sexta-feira das 9h às 17h

Newsletter
Cadastre-se para receber as novidades
Quem somos?

Leiloeiro Público Oficial, nomeado pelo Egrégio Plenário da Junta Comercial do Estado de São Paulo, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Secretaria da Fazenda, com o Título concedido através da matrícula nº 790 JUCESP/SP.

  • Leiloeiro Rural, nº 277 FAESP.
  • Formado em ciências jurídicas
  • MBA em gestão estratégica de empresas e negócios
  • Curso dale carnegie training – Relações humanas, comunicacão, eficaz e liderança
  • Membro da ADESG – Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra
  • Concluiu XXII - Curso de estudos políticos e estratégia – ADESG
  • Concluiu II curso de extensão em inteligência estratégica e competitiva – ADESG
  • Devidamente registrado no Sindicato dos Leiloeiros do Estado de São Paulo sob a matrícula Nº 228
  • Delegado do Sindicato dos Leiloeiros do Estado de São Paulo.
  • Presidente da ANLJ -  Associação Nacional dos Leiloeiros Judiciais

A www.gustavoreisleiloes.com.br mantém um compromisso sério no tratamento das informações pessoais coletadas por meio dos serviços prestados neste site. A presente política de privacidade tem como objetivo informar nossos clientes e parceiros sobre como utilizamos e protegemos os dados coletados, contribuindo para reforçar nossa responsabilidade corporativa e criar um ambiente online onde visitantes e clientes naveguem e realizem suas transações com segurança.

Confidencialidade e uso

Todas as informações fornecidas por você ao se registrar para ter acesso à área restrita do site www.gustavoreisleiloes.com.br não serão compartilhadas, cedidas ou vendidas a terceiros sem a permissão formal do usuário, exceto quando esses dados forem exigidos por força da Lei através de ordem judicial.

A www.gustavoreisleiloes.com.br recebe e armazena as informações de suas atividades no ambiente virtual, inclusive o endereço IP do seu computador, e as utiliza somente para identificação do usuário durante a navegação nas páginas do site.

Segurança

Os recursos de segurança utilizados pela www.gustavoreisleiloes.com.br garantem o sigilo das informações durante o cadastramento, navegação na área restrita e inserção de dados pessoais.

A www.gustavoreisleiloes.com.br se preocupa com a proteção dos usuários e, por isso, busca todos os meios e medidas adicionais para evitar a perda, mau uso, alteração, acesso não autorizado ou subtração indevida das informações. O uso de criptografia SSL, padrão exigido pelo mercado, é um dos recursos de segurança fornecidos pelo site.

Os usuários dos serviços da www.gustavoreisleiloes.com.br contam ainda com uma senha pessoal e intransferível para acessar os dados guardados nos servidores. Contudo, o próprio usuário será o responsável por proteger e não informar a terceiros a senha cadastrada no sistema.

Alterações na Política de Privacidade

Caberá a www.gustavoreisleiloes.com.br qualquer tipo de alteração futura nos termos desta Política de Privacidade.

A www.gustavoreisleiloes.com.br se compromete a divulgar, por meio deste site, as mudanças introduzidas com antecedência de 15 dias úteis.

01- Como funciona o leilão?

Os bens que vão a leilão são numerados (loteados) e passam a ser chamados de lotes. Os lotes geralmente são composto de uma única mercadoria porém podem ser compostos de vários bens, como é o caso de veículos (motos, carros, etc.). Os lotes são oferecidos seqüencialmente durante o leilão, e os presentes podem dar ofertas (lances) até o valor que desejarem. Quem der o maior lance será o vencedor.

02 - Qual a origem dos veículos que vão para leilão?

São veículos provenientes de: Furto e Sinistro: Recuperados pelas seguradoras Retomados: Quando não há o pagamento de financiamento Renovação de Frota: Firmas vendem seus veículos de uso Falência: A empresa vende todos os seus bens, incluindo assim os veículos.

03 - Os veículos vendidos em leilão podem ser documentados?

Dão direito a documentos? Nos casos de veículos levados a hasta pública pela Ciretran, geralmente não dão direito a documentação, são vendidos como Sucata, salvo condição de venda expressa informada no dia do leilão. Já os veículos vendidos por empresas e Prefeituras costumam ser vendidos com direito a documentos, porém fique atento a condições de venda que informa ainda em cada caso se existem débitos a serem pagos por conta do comprador ( Multas e IPVA, por exemplo).

04- Quem pode participar dos leilões?

Qualquer pessoa pode participar do leilão, tanto física (desde que seja maior de 18 anos) como jurídica. Para participar dos leilões basta ir ao local munido de identidade (RG) e um cheque pessoal para caução. Não é necessário pagar para entrar.

05- Como saber por quanto um lote foi arrematado?

Para saber por quanto o lote foi arrematado é necessário ir ao leilão.

06- Como saber o preço mínimo de venda dos lotes?

As ofertas normalmente iniciam do zero, ou seja, o leiloeiro pede oferta e começa a vender, até que não surjam mais lances.

07- O que é lance?

Lance é o valor ofertado pelo comprador a um lote que está sendo leiloado.

08-Como faço um lance?

Basta levantar a mão e se necessário falar o valor manifestando interesse no lote. Se seu lance for vencedor serão solicitados no ato seus dados e cheque caução, portanto tenha em mãos seus documentos e talão de cheques.

09- O que é lance mínimo?

Lance mínimo é o menor preço para que um determinado lote seja vendido, se o lance mínimo não for atingido será aceito um lance condicional.

10- O lance mínimo é divulgado?

No caso de leilão de veículos, materiais e diversos o lance mínimo não é divulgado porque as empresas possuidoras desses bens não autorizam. No Leilão de imóveis e de prefeituras o Leilão é iniciado do preço mínimo divulgado na Internet ou edital oficial.

11- O que é lance condicional?

"Lance Condicional" é o termo utilizado quando o maior lance ofertado por um bem leiloado não atinge o valor mínimo de venda exigido por seu vendedor.

12- É possível fazer um lance por fax?

Para arrematar um lote não é preciso estar presente no Leilão. Quando a pessoa interessada em comprar algum bem não pode estar presente, basta que ele faça sua oferta por meio do lance prévio no site ou mesmo a envie por fax. No entanto, este lance prévio só pode ser realizado com no mínimo 24 horas de antecedência ao Leilão. Ressalta-se que o lance prévio obriga o ofertante ao seu pagamento, não sendo possível posteriormente a desconsideração do lance. Por fim, aconselha-se o interessado a estar presente ao Leilão pois, muitas vezes, por causa de um pequeno acréscimo no lance mínimo, ele pode deixar de arrematar o bem.

13- Não paguei o lote. Serei penalizado?

O não pagamento do preço do bem arrematado ou da comissão do Leiloeiro no prazo estabelecido nas condições de venda configurará desistência ou arrependimento por parte do arrematante, ficando este obrigado a pagar o valor da comissão devida ao Leiloeiro/pregoeiro (5%) e o valor correspondente a 25% (vinte e cinco por cento) do lance. Poderá o leiloeiro emitir título de crédito (Conta) para a cobrança de tais valores, encaminhando-o a protesto, por falta de pagamento, se for o caso, sem prejuízo da execução prevista no artigo 39, do Decreto nº 21.981/32.

14 - Visitação dos Bens

Geralmente os bens ficam em visitação dois ou mais dias antes do Leilão. O local onde eles se encontram é descrito no Edital. 15- Como eu faço para realizar um leilão para minha empresa? Você pode entrar em contato com a nossa equipe através do telefone 019 3294-0807 ou do e-mail: rsvp@gustavoreisleiloes.com.br Para saber maiores informações, entre em contato pelo e-mail leiloes@gustavoreisleiloes.com.br